Vinho - 03.Jun - Logração

Fraudes de empresas de exportação de vinho nos EUA são descobertas


As Oficinas Econômicas e Comerciais da Espanha (Ofecomes) nos Estados Unidos descobriu recentemente casos de fraude realizados tanto por companhias exportadoras espanholas como norte-americanas.

Divulgação
A Ofecomes emitiu uma nota advertindo as empresas sobre os cuidados que se deve ter ante as fraudes
Em sua maioria, aproveitam o desconhecimento das pequenas empresas e cooperativas das taxas e trâmites necessários para a exportação de um produto aos EUA e cobram a mais.

Em uma nota informativa, as companhias espanholas são advertidas sobre as empresas estadunidenses que determinam um número elevado de requisitos por parte dos diferentes departamentos do Governo norte-americano, com fim de justificar a cobrança de taxas ou trâmites que, na verdade, não são efetuados. Geralmente, a importação não requer nenhum pagamento, salvo certas inspeções do produto.

O registro para alguns produtos não tem custo. Existe a possibilidade de contratar empresas espanholas e associações para assessorar tais registros.

Também é advertido sobre as empresas que utilizam logotipos do governo norte-americano, assim como as que solicitam o pagamento de taxas por conto de acordos entre a União Européia e os EUA e as que indicam que o governo exige análise de produtos.

Mais notícias sobre vinhos...

+ Domaine Clarence Dillon celebra aniversário com venda de adegas de madeira

+ Moët Hennessy produzirá espumante na China

+ Segundo pesquisa, norte-americanos consomem mais vinho que franceses

+ Subjetivo, rótulo de vinho espanhol dá margem a diversas interpretações

+ Canadenses lançam suporte de vinho ecológico para bicicletas

Da redação

Publicado em 3 de Junho de 2011 às 08:50


Notícias