Revista ADEGA
Busca

Vinho - 23.Out.

Governo cancela salvaguarda para vinhos estrangeiros


Depois da reunião entre produtores e importadores para discutir o fim da salvaguarda nos vinhos importados, que aconteceu na última sexta feira, o governo brasileiro anunciou ontem que encerrou o processo para estudar a aplicação de salvaguardas.

O Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior confirmou que não irá aumentar os impostos ou aplicar outras tarifas contra o vinho estrangeiro a pedido dos produtores locais, que retiraram sua reivindicação depois de um acordo com os distribuidores locais.  Um comunicado do Ibravin diz que os vinicultores se comprometeram a retirar suas demandas em troca de um maior espaço para os vinhos brasileiros em lojas especializadas e supermercados.

Em virtude do acordo, os supermercados dedicarão 25% de suas prateleiras ao vinho nacional, enquanto os demais estabelecimentos reservarão 15% do seu espaço, com objetivo de elevar as vendas de vinho brasileiro de 19 milhões de litros anuais para 40 milhões nos próximos quatro anos.

Redação
Publicado em 23/10/2012, às 09h21 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias