Revista ADEGA
Busca

Vinho - 17.Set - Política

Governo da Armênia pretende apoiar pequenos produtores de uva


O primeiro ministro Tigran Sargsyan: sociedades cooperativas e auxilio do governo para viticultura do país
Na sexta Conferência Anual de Frutas da Armênia, o primeiro ministro Tigran Sargsyan destacou os problemas da viticultura no país e apresentou a estratégia do governo para resolvê-los.

O Premiê apontou a viticultura como o ponto principal da agricultura do país. Segundo ele, a importância do setor não se restringe somente à economia. Ela também abrange fatores políticos e sociais, uma vez que centenas de famílias têm o seu sustento a partir do cultivo de uvas.

Nos últimos dois anos, pesados investimentos privados têm sido feitos para o desenvolvimento da viticultura na Armênia, o que tornou muitos produtores maiores e também mais competitivos. Os pequenos viticultores, por outro lado, tem sofrido com a criação desses gigantes, pois têm cada vez menos condições de concorrer com eles. Sobre esse aspecto, Sargsyan propôs a formação de sociedades cooperativas, como uma forma de resolver a situação. Ele também confirmou a assistência do governo para a questão.

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Joalheria lança colar porta-rolha em Semana de Moda de Nova York

+Coleção da Dom Pérignon em homenagem a Andy Warhol chega ao Brasil

+Buscando autenticidade, projeto dos vinhos brasileiros muda de nome

+Com produção reduzida, Itália aguarda colheita da safra 2010

+ Produtores de Sauternes comemoram decisão de autoridades chinesas

Redação
Publicado em 17/09/2010, às 08h01 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias