Vinho - 03.Mar - Mercado

Grupo chinês adquire renomada marca de vinho francês


Divulgação
Shen Dongjun, presidente do grupo chinês, gostou do fechamento da negociação

Um importante grupo chinês chamado Tesiro deixou de desenvolver apenas sua principal atividade (empresa de jóias) para adquirir uma marca de vinhos, graças a uma extensa observação da expansão deste mercado.

Eles são os responsáveis pela compra do vinho Château Laulan Ducos, um dos vinhos mais conhecidos da sub-região de Médoc, localizada na região de Bordeaux, na França. O grupo é responsável pela compra de uma propriedade de 22 hectares de vinhedos.

Segundo a AFP, agência global de notícias, a assinatura oficial ocorreu no dia 28 de fevereiro entre a Direção Geral do grupo e a família Ducos (proprietária desde 1911).

"Vamos buscar manter a qualidade. Nós fizemos vários projetos de vinhos", declara Frederic Ducos, 34 anos, ex- proptietário, que seguirá como diretor e controlador da área de qualidade.

O grupo chinês irá procurar estabelecer uma boa relação com o seu país de origem, visando tornar-se um grande exportador de vinhos para a China. 

Mais notícias sobre o mundo dos vinhos...

+ Evento de vinhos sem produtos químicos é atração na Itália

+ Vendas pela internet fazem aumentar a popularidade e o consumo de vinhos norte-americanos

+ Ex-diretor do vinho Chateau Haut-Brion, um dos melhores do mundo, morre aos 88 anos

+ Dinamarca se prepara para receber novas vinícolas espanholas em evento

+ ViniPortugal realiza amanhã o maior evento de vinhos portugueses do mundo

Da redação

Publicado em 3 de Março de 2011 às 07:07


Notícias