Simples e precisas

Dicas de vinhos para o almoço do Dia das Mães

Compilamos algumas harmonizações desde o prato principal até a sobremesa para acompanhar uma data tão importante


O segundo domingo de maio é sempre muito esperado. Afinal, trata-se de uma das datas comemorativas mais importantes do ano. Por isso, separamos algumas harmonizações simples e precisas que deixarão o almoço do Dia Das Mães muito mais saboroso e festivo. 

 

Churrasco

No Brasil, qualquer comemoração se encaixa com um bom churrasco. Para os amantes da carne, seja ela mal passada ou ao ponto, um bom Malbec argentino, frutado e com madeira na medida, ou um Tannat uruguaio casam muito bem com as carnes vermelhas, como picanha, linguiça, além do frango. Para cortes suínos, um Tempranillo Joven Espanhol ou um Chardonnay mais encorpado são as pedidas.

 

 

Massas

Muito tradicional aos domingos, para massas que acompanharem molho de tomate, a melhor opção é um tinto leve, sem madeira ou com pouca madeira. Para as que não levam molho de tomate e, sim, um molho de frutos do mar ou acompanha pescados, brancos em geral  ou espumantes brut são indispensáveis. O importante é o molho que acompanha a massa e não a massa em si.

 

 

Assados

Para um assado ou prato mais condimentado, que leve carnes vermelhas, tintos como Malbec, Cabernet e Syrah são boas opções.Um Bordeaux, tinto português do Douro ou um Alentejo casam especificamente com carnes de cordeiro, cabrito, porco ou frango. Um Pinot Noir ou branco com madeira também não ficam de fora.

 

Sobremesas

Para doces que acompanhem chocolate, um porto Tawny ou um Ruby genérico são boas escolhas. Para os doces à base de frutas e cremes, um moscatel espumante pode ser uma boa pedida assim como um Late Harvest. 

Da redação

Publicado em 6 de Maio de 2016 às 14:23


Notícias