Revista ADEGA
Busca

Vinho - 04.Nov - O gigante asiático

Hong Kong volta a quebrar recorde em leilão de vinhos


690 mil dólares (o equivalente a quase 16 mil reais) foi o valor pago por três garrafas Château Lafite 1869 em um leilão realizado pela Sotheby's na semana passada, em Hong Kong. O evento sedimentou ainda mais a posição da Ásia como o maior mercado na compra de vinhos por arremate.  

O mesmo concorrente asiático foi o comprador dos três icônicos frascos, que foram estimados entre 5 e 7 mil dólares (cerca de 9 mil e 13 mil reais). A safra 1869 é das mais antigas do château, que leiloou no total duas mil garrafas vindas diretamente de sua adega em Pauillac, na França, no evento. A compra de quase 700 mil dólares quebrou o recorde até então estabelecido de 168 mil dólares (aproximadamente 282 mil reais) por uma garrafa Lafite 1787 com as iniciais de Thomas Jefferson.

A audição levantou oito milhões de dólares, incluindo taxas, e surpreendeu seus organizadores que calculavam uma renda em torno de dois milhões. Todos os 10 lotes mais caros do evento foram arrematados com colecionadores particulares asiáticos.

ESPECIAL: Os desafios do Oriente - Vinho combina com culinária asiática? ADEGA quis pôr à prova as combinações mais ousadas e teve sucesso

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+Vinícola lança coleção de vinhos em homenagem a velejador francês

+ Vinicultores da Califórnia pedem água

+ Vinhas com "poderes malignos" é o tema de nova série da NBC

+ Para combater a fome, vinícola dos EUA pede rolhas de cortiça 

Proprietário do Domaine Chevalier compra terrenos para outro château

Redação
Publicado em 04/11/2010, às 12h01 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias