Vinho - 05.Jul - Mercado

Índia e União Europeia negociam para reduzir tributação sobre álcool importado


A Índia e a União Europeia estão nas fases finais de negociar um acordo de comércio livre que poderia resultar em uma redução substancial das altas tarifas da Índia na importação de álcool.

Divulgação
Loja de vinhos na Índia
O consumo de vinhos europeus na Índia, especialmente da França, tem aumentado regularmente, com um crescimento de 25% de vinhos franceses importados por ano nos últimos cinco anos, de acordo com o corpo de comércio Sopexa.

Contudo o sistema de importação da Índia está atualmente muito complexo.

Além da imensa de tarifa de 150% sobre o vinho importado, o governo federal impõe um imposto adicional (EAD, em inglês) de 4% sobre o vinho importado.

Cada um dos 28 estados da Índia também impõe seus próprios impostos sobre o álcool variando de 30% a 100%.

O acordo prevê que o país diminua essas tarifas sobre o álcool importado em troca de um acesso maior de empresas indianas aos mercados da Europa.

Se assinado, o acordo marca outro passo dos produtores de vinho da União Europeia. Em 2007, a EU fez uma campanha para a Índia baixar tais taxas de 177% a 150% e deu certo.

Mais notícias sobre vinhos...

+ Vinícola brasileira colhe uvas a -9°C para produção de Icewine

+ Guia de vinhos espanhois será lançado nos EUA em formato digital

+ Empresa chinesa volta-se ao mercado de vinhos australiano

+ Logo de traços simples em rótulo de vinho dá ideia de progressão

+ Vinícolas brasileiras começam a utilizar métodos sustentáveis na sua produção

Da redação

Publicado em 5 de Julho de 2011 às 10:58


Notícias