Vinho - 07.Abr - Índia se une a OIV

Índia se une à elite do mundo do vinho


Uvas em vinhedo da região de Karnataka, na Índia
A Índia se tornou em 1° de abril o primeiro país asiático a se unir a Organização da Uva e do vinho (OIV). China e Japão também mostraram interesses locais e privados, mas não foram aceitos.

No final do março, Federico Castellucci, diretor do OIV, disse a um grupo de cerca de 100 jornalistas que a entidade estava "considerando aceitar a Índia como um membro integral em alguns meses".

A legislação interna da entidade prevê um certo período em que os países membros podem fazer objeções à entrada de novos membros, embora Castellucci já tenha adiantado que não haverá problemas para a admissão do país asiático.

Subhash Arora, diretor do Indian Wine Academy desempenhou um papel importante no processo. "A Índia não tem legislação específica para a produção de vinhos. É o verdadeiro Velho Oeste. Uma vez que a Índia se torna membro do OIV terá acesso às entidades regulamentadoras de 43 países assim como ao material da OIV", afirmou Arora.  

A ascensão da Índia a OIV vem junto com a notícia do desenvolvimento de um vinhedo de 400 hectares. O projeto é bancado pela vinícola Alpine e fica na região produtora de Karnataka.

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+Alterações climáticas assustam produtores australianos
+ O Melhor Vinho do Dia: A mais uma boa notícia da economia brasileira!
+ Ásia supera EUA nos leilões do primeiro trimestre
+ China inaugura museu dedicado ao vinho
+ Vinho tinto pode controlar função erétil do homem

Da redação

Publicado em 7 de Abril de 2010 às 15:05


Notícias