Indústria do vinho apoia e financia campanhas do Partido Democrata nos EUA


Campanha dos Democratas recebe ajuda das vinícolas norte-americanas
Na última semana, o presidente norte-americano Barack Obama esteve no Brasil e degustou alguns vinhos brasileiros oferecidos pela presidente Dilma Roussef. Porém, a ligação do líder do governo dos EUA com a bebida vai muito mais além, com grande parte do setor vinícola do país inclusive financiando campanhas políticas do Partido Democrata.

A notícia surge após a divulgação de um estudo realizado pelo The Center for Responsive Politics - organização responsável por supervisionar o lado financeiro das campanhas políticas no país -, que mostra que o mercado do vinho nos EUA apoia mais os Democratas, partido de Obama, enquanto os Republicanos recebem o apoio do setor cervejeiro.

Segundo a organização, nas eleições legislativas realizadas em 2010, diversas vinícolas norte-americanas depositaram fundos para ajudar os Democratas durante a campanha, com valores nove vezes maior do que os destinados para os Democratas.

Porém, engana-se quem pensa que o apoio do setor vinícola desequilibra a disputa entre os dois partidos. Se o mundo do vinho ajuda os Democratas, o mercado de cervejas dá a sua bela contribuição aos Republicamos. Segundo o mesmo estudo, os produtores de cervejas destinaram 80% de suas contribuições a partidos políticos desde 1990 justamente aos Republicanos.

Mais notícias sobre o mundo dos vinhos:

+ Ícone do vinho mundial, italiano Angelo Gaja será homenageado em jantar em São Paulo
+ Amante de vinhos, Obama degustou rótulos brasileiros durante visita ao país
+ Empresa lança lanterna acoplável à garrafa para ajudar a servir vinhos no escuro

+ Evento em Nova York celebra os vinhos e a gastronomia espanhola

+ Agência inova e lança rótulos de vinhos inspirados nos 7 pecados capitais

Da redação

Publicado em 31 de Março de 2011 às 10:10


Notícias