Revista ADEGA
Busca

Vinho - 19.Fev

Indústria vinícola cria projeto para garantir mais segurança para investidores


Incidentes recentes relacionados à fraude de vinhos finos estão afastando investidores do mercado vinícola. Por isso, a Secretaria Nacional de Inteligência Contra Fraude (NFIB) criou um projeto, em parceria como a Associação de Investimentos em Vinho (WIA), para minimizar e, se possível, acabar com esse tipo de falsificação.

divulgação

Eles irão criar um selo que garante que as companhias que o tiverem são seguras para investimentos. "As empresas que tiverem concluído com êxito o processo de auditoria independente, encomendada pela associação, irão ostentar o logótipo WIA, oferecendo aos consumidores uma marca para confiar", explicou o diretor da Associação, Peter Shakeshaft.

O detetive superintendente e diretor do NFIB, Dave Clarke, disse que não é uma surpresa um mercado lucrativo como o do vinho ter esse tipo de atividade fraudulenta. "A fraude sempre vai seguir o dinheiro", disse ele. "O NFIB vê um quadro auditável de auto-regulação como um passo real e positivo no sentido de manter e aumentar a confiança do consumidor e nos ajudar a destacar aqueles que não funcionam com as normas necessárias", acrescenta.

Mais notícias sobre vinhos...

Região sul-africana tem primeira colheita em 150 anos
Turcos trocam bebida típica por champagne
Champagne vendeu 4.4% menos vinho em 2012
Designer Philippe Starck irá reprojetar Château Carmes Haut-Brion
Homem presenteia esposa com retrato gigante feito com rolhas

Redação
Publicado em 19/02/2013, às 09h58 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias