Vinho - 23.Ago - Economia

Inflação na Argentina dificulta vendas de vinho


O mercado argentino de vinhos, que nos últimos anos se especializou, baixou seu consumo per capta e aumentou seu consumo de vinhos de alta qualidade, começa a viver uma reviravolta perigosa no comércio on trade, o qual está agravado pelo contexto inflacionário.

Divulgação
Mercado argentino sofre crise com contexto inflacionário
O fato é que por meio do vinho se tenta liquefazer outros aumentos e investimentos que não tem nada a ver com o produto e que ao final recaem sobre o consumidor e são prejudiciais ao seu volume de consumo.

Roberto Faillace, gerente da Bodega Três Blasones, que tem a distribuição na Argentina de Ruca Malén e Pascual Toso, disse que os principais problemas nesse canal de distribuição são "a simetria na negociação, devido à alta fragmentação do mercado. Outro tema importante é a revenda de bebidas alcoólicas, a qual qualquer um pode fazer, se o preço do produto for acessível. Isso é muito difícil de reverter sem a intervenção de um organismo que regule essas práticas".

O distribuidor regional de diversas vinícolas, Francisco Paez, diretor da Vinos Premium Argentina em toda a região, disse ao Día a Día del Vino que "está atado a custos dos produtos por conta da inflação, que por sua vez, gera outras consequências que afetam o negócio on trade: sobem os custos do produtor devido à inflação, a qual gera um efeito em todo o circuito. Sobem os impostos, a logística, a consequência é que a bodega dele deve subir seus preços para conservar e proteger sua rentabilidade planejada. Quando o produto chega ao ponto de venda e apresenta um aumento de preços, automaticamente deve-se fazer o mesmo à bodega. Portanto, o cliente final se vê ressentido, consome menos e as vendas são afetadas".

"A inflação é o principal problema, é a gênesis dos problemas posteriores, a falta de rentabilidade e em menor medida, pelo menos em Mendoza, a interrupção na cadeia de pagamentos", explicou Martin Vols da Pilgrim Wines.

Mais notícias sobre vinhos...

+ Vinhos do Novo Mundo desafiam predomínio dos premium de Bordeaux

+ Uma taça de vinho diária ajuda a emagrecer, segundo estudo

+ Mesmo com clima desfavorável, safra de uvas na França aumentará 6%

+ Com as vendas convertidas em doação, Snow Patrol lança vinho com rótulos autografados

+ Rótulo usa o termo "vinho de mesa" no seu sentido mais literal

Da redação

Publicado em 23 de Agosto de 2011 às 08:41


Notícias