Revista ADEGA
Busca

Itália proíbe uso de chips de carvalho



Produtores da Itália excluem definitivamente o uso de chips de carvalho nos vinhos com Denominação de Indicação Geográfica. O parlamento italiano aprovou uma moção que prevê a proibição da prática enológica onde são usados pedaços de madeira, os chamados
chips de carvalho para dar ao vinho um efeito de "envelhecido em barrica".

A moção solicita ao Poder Executivo que adote as medidas cabíveis e prevê que esta prática, quando usada para vinhos de mesa, seja regulamentada e informada no rótulo. Na Comissão de Agricultura surgiu uma posição amplamente aceita pelos experts e as associações de qualidade, que expressa sua oposição à prática de adicionar chips de madeira ao vinho.

Fernando Roveri
Publicado em 27/10/2006, às 10h41 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h44


Mais Notícias