Revista ADEGA
Busca

13.Ago - Jogadores gastam US$ 10.240 em vinhos

Jogadores gastam mais US$ 10.000 em vinhos e acabam envolvidos em polêmica


Não é a primeira vez que futebolistas se envolvem com vinho. O jogador Figo (esq), que jogava na Inter, já se arriscou no mundo da bebida
Em passagem pela China, onde disputaram a final da Super-Copa da Itália, os jogadores de Lazio e Inter de Milão, não resistiram às tentações de um bom vinho e acabaram da mira da imprensa local.

Durante a estadia em solo asiático, os atletas da equipe italiana ao que parecem se dedicaram mais as delícias de um bom vinho que à partida que confrontava os vencedores do Campeonato Italiano (a Inter) e da Copa da Itália (a Lazio). Em menos de uma semana, os "turistas" gastaram cerca de US$ 10.000 em valiosas garrafas das adegas chinesas.

A "boa vida" dos estrangeiros causou polêmica entre os chineses. "Os dois times agiram como turistas de luxo. Eles arcaram com uma conta de 70.000 yuan (US$ 10.240)", revelou Wang Bo, funcionário da United Vanson International, organizadora do evento. "Eles não tiveram nenhuma consideração com as necessidades alheias", reclamou. A United Vanson International afirmou, porém, que as declarações de Bo não refletem à opinião da empresa.     

Irritado com as declarações e, principalmente, com repercussão que o caso ganhou na mídia chinesa, o treinador da Inter de Milão, Jose Mourinho, retrucou. "Agora eu sei porque a china ganha tantas medalhas de ouro em outros esportes, mas não no futebol. É porque a imprensa daqui não é profissional", disse.  

Confira as últimas notícias sobre o mundo dos vinhos...

+ Vale dos Vinhedos faz sucesso internacional e sonha em virar DOC
+ Consumo de bebidas alcoólicas cresce no Marrocos

+ Vinícola espanhola é a primeira do país a calcular emissão de CO2

+ Interesse de britânicos por brancos aumenta

+ Lançado nos EUA Big Brother do vinho

Redação
Publicado em 13/08/2009, às 10h15 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias