Revista ADEGA
Busca

Vinho - 25. Nov - Reconhecimento

Kirchner decreta vinho como "bebida nacional" da Argentina


A presidente argentina Cristina Fernández de Kirchner
Cristina Fernández de Kirchner, presidente da Argentina, assinou decreto na quarta-feira oficializando o vinho como "bebida nacional" do país.

Famosa especialmente pelos vinhos da uva Malbec, a Argentina é a quinta maior produtora da bebida no mundo, a nona em exportações e a sétima em consumo. Segundo dados oficiais, cada pessoa bebe em média 30 litros anuais de vinho.

"É maravilhoso, porque se poderia crer que essa é uma atividade de caráter profundamente econômico, mas acho que tem a ver profundamente com a cultura e identidade de um povo", declarou Cristina, ao anunciar o decreto.

Antigamente, a Argentina se dedicava à produção de vinhos mais baratos e de menor qualidade, destinados ao consumo local.

Foi a partir de 2001 - quando a crise econômica causou uma forte desvalorização da moeda argentina, fazendo com que os vinhos locais ganhassem competitividade no mercado internacional - que os vinhos do país ganharam prestígio pelo mundo.

"Primeiro eram (as províncias de) San Juan e Mendoza que historicamente identificávamos com a atividade, mas hoje temos Salta com sua (uva) torrontés (...), Catamarca, e também vinhos patagônicos", disse a presidente, dissertando sobre as regiões produtoras do país.

ESPECIAL:Argentina, além da Malbec - Especialistas avaliaram os vinhos argentinos e apontaram caminhos para o desenvolvimento de sua indústria vitivinícola

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Califórnia lança "ciclovia do vinho"

+ Enólogo português Antonio Saramago visita a Abravinis nesta quarta-feira
+ Iniciativa australiana é acusada de xenófoba e protecionista
+ Ingleses escolhem maio o Mês Nacional do Vinho em 2011

+Começa em São Paulo a Abravinis

+ O Melhor Vinho do Dia: A Paul McCartney

Redação
Publicado em 25/11/2010, às 13h08 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias