Revista ADEGA
Busca

Vinho - 26.Jan - Vinhedos

Lance Armstrong ajuda a dar visibilidade às regiões vinícolas da Austrália


Lance Armstrong, ciclista norte-americano
Lenda no ciclismo, Lance Armstrong ajudou a tornar conhecidas quatro regiões do sul da Austrália através da primeira etapa do Tour Down Under, evento oficial do calendário da União Internacional dos Ciclistas.

A disputa, realizada de 19 a 24 de janeiro, atraiu uma audiência diária de mais de 200 milhões de pessoas. Algumas partes do circuito coincidiam com cenários vinícolas, que também ganharam destaque na cobertura do Tour.

A partida da primeira etapa foi dada no Barossa Valley, onde a indústria do vinho é a propulsora da economia local. O circuito ainda contou com travessias por Adelaide Hills, uma das regiões vinícolas mais antigas do país, Langhorne Creek (importante produtora de vinhos tintos) e McLaren Vale, região histórica que produz vinhos finos com variedades como Shiraz, Cabernet Sauvignon e Chardonnay.

Vinhedos da região de McLaren
Os organizadores do Tour estimam que cerca de um milhão de pessoas passaram pela rota. Grandes figuras nacionais ligadas ao vinho também ficaram muito satisfeitas com o evento, e afirmaram que "o ciclismo deu reconhecimento às regiões vinícolas australianas".

"Uma das maiores críticas dos vinhos australianos é que não conheciam seus vinhedos. Mas agora nós conseguimos um retorno das pessoas de todo o mundo, que acompanharam a etapa e conheceram nossas regiões", comentou Dudley Brown, diretor da Associação de Turismo e Vinho de McLaren.

Confira as últimas notícias sobre o mundo dos vinhos...

+ França recupera o 1º lugar em produção de vinhos
+ Leilão em Hong Kong bate recorde em valor arrecadado num único dia
+ Famoso escultor estampa o rótulo de Mouton Rothschild 2007
+ O melhor vinho do dia:Parabéns São Paulo: 456 anos
+ O mundo do vinho já está ao alcance de sua mão

Redação
Publicado em 26/01/2010, às 15h31 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias