Leilão de vinhos de Henry Tang arrecada 4,5 milhões de euros


Ex-número dois do governo de Hong Kong, Henry Tang conseguiu arrecadar cerca de 4,5 milhões de euros num leilão de parte de sua coleção de vinhos da Borgonha, realizado no último fim de semana em Hong Kong, pela Christie's.

Candidato à chefia do Executivo em 2012, Henry colocou lotes de vinhos à venda após uma coleção, que havia sido comprada de forma ilegal, ter sido descoberta em sua casa, junto com outras obras também fraudulentas. Antes de colocar os rótulos a leilão, Tang garantiu que nenhum deles fazia parte da adega considerada ilegal.

Entre os lotes estavam seis garrafas magnums de Romanee Conti Domaine de la Romanee Conti 1995, vendidas por 150 mil euros, e Borgonhas das safras entre 1949 e 2010.

"O que nós colocamos no leilão foi apensas uma pequena porção da coleção de Tang. Ele afirmou que o vinho foi uma jornada de descobertas que tomou 30 anos de sua vida", afirmou Simon TAM, diretor da divisão de vinhos da Christie's na China.

Faziam parte da coleção leiloada rótulos de 71 produtores pouco conhecidos da Borgonha, incluídos para incitar a curiosidade nos compradores chineses, como uma espécie de caça ao tesouro. Em termos de arrecadação, o leilão excedeu em 60% os valores finais estimados.

Mais notícias sobre vinhos...

Para ser apreciado corretamente, vinho precisa da taça certa e alguns cuidados

 Malbec Day será celebrado com arte de rua

+Dieta mediterrânea com frutos secos reduz 30% o risco de infarto

Coleção "estupenda" de Vega Sicilia vai a leilão

+Henri Krug, da Maison Krug, morre aos 76 anos


Da redação

Publicado em 18 de Março de 2013 às 14:29


Notícias