Revista ADEGA
Busca

Vinho - 10.Fev.

Leilões de vinhos batem recorde em 2011


Os leilões de vinhos raros bateram um recorde de 478 milhões de dólares em 2011, 17% de aumento em relação a 2010.

Pelo segundo ano consecutivo Hong Kong foi onde as vendas de vinhos raros tiveram o maior aumento, 39% passando de 165 milhões de dólares em 2010, para 230 milhões em 2011.

Divulgação

Em contraste os leilões nos EUA tiveram uma queda de e 5% subindo de 154 milhões para 146 milhões de dólares.

Nos Estados Unidos o número de lotes nos leilões baixou de 46.037 em 2010 para 42.705 em 2011, assim como a média de preços dos lotes que passou de 3.600 dólares em 2010 para 3.428 dólares no ano seguinte.

O presidente da Sotheby's Wine, Jamie Ritchie, disse que o Mercado de Hong Kong está amadurecendo bem rápido e que os compradores se tornaram muito mais sensíveis ao preço.

"Eu acho que o sentiment foi de 'Eu vou comprar isso a qualquer preço' para 'Só irei comprar isso acima deste preço'. É importante lembrar que um monte de vinhos foram vendidos à compradores asiáticos, e que se muitos não tinha coleção de vinhos a 3 anos atrás, agora eles tem." Explicou ele.

Mais notícias sobre vinhos...

Empresário é o primeiro chinês a comprar vinhedos em Borgonha
Portugal pretende unir todas as rotas de vinho do país
A indústria argentina de vinhos move 3.255 milhões de dólares anualmente
Vinícola cria concurso de desenho para ilustrar o rótulo de seu próximo vinho
Tam recebe prêmio pelos vinhos servidos a bordo

Redação
Publicado em 10/02/2012, às 12h02 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias