Revista ADEGA
Busca

Vinho - 31.Jan - Leilão

Lloyd Webber Hong Kong chega perto de $6m vendidos


O Chateau Lafite e Andrew Lloyd Webber mostraram como tornar-se uma grande potência, com a grande destaque em leilão realizado em Hong Kong. A venda no Mandarian Oriental Hotel, nos dias 22 e 23 de janeiro, incluiu 746 lotes de Andrew Lloyd  Webber Collection e 668 lotes de Bordeaux Winebank 2000.

O Lloyd Webber ultrapassou a expectativa e alcançou US$5.6M. Já a Petrus 1982 alcançou US$77,564, enquanto a Chateau Lafite continuou como atrativo, custando US$58,949. Seis garrafas de DRC Romanee Conti fecharam por US$55,846.

"Top Bordeaux e a vermelha Bergundy alcançaram um lugar de destaque, porém outro vinho que apresentou uma particularidade foi o Bergundies, já que os compradores que levaram o fabuloso são asiáticos. O Bergundies é o melhor da região", disse Serena Sutcliffe MW, chefe do Departamento Internacional do Vinho.

A segunda venda ultrapassou as expectativas, custando US$9m. Em primeiro lugar, o lote com 48 garrafas,  Chateaux Latour, Haut Brion, Petrus and Margaux, o equivalente a US$124,102 . As três ações que bateram recordes no mundo em 2000 foram: Chateau Monton Rothschild, US$27,923; Chateau Palmer, US$4,964; e Chateau Ângelus, US$5,985.

Os vinte primeiros lotes conquistaram grande interesse de comerciantes europeus. Destas vendas, Sotheby's obteve vitórias consecutivas, com 100% dos lotes vendidos, desde sua primeira disputa em Hong Kong em 2009: no ano passado, em 2010, Sotheby´s ganhou US$52.6m em Hong Kong. O primeiro da coleção Andrew Lloyd Webber, em London em 1997, valia mais de £3.5m.

Redação
Publicado em 31/01/2011, às 13h52 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias