Vinho - 25.Ago - Cultura

Loja especializada em vinhos "kosher" é atração em Barcelona


Loja atende a crescente demanda por vinhos kosher

Adegas e vinhos "kosher" são uma das especialidades do Call Barcelona, um centro cultural que conta, entre outras coisas, com uma loja especializada em produtos elaborados segundo a tradição ortodoxa.

Inaugurado há apenas dois meses, o Call foi criado para atender uma demanda de 80 mil judeus que visitam todos os anos o antigo bairro da capital catalã, além dos cinco mil habitantes da região que são de origem hebraica.

Todos os vinhos produzidos no centro possuem um certificado em seus rótulos de que foram elaborados segundo as técnicas utilizadas há milênios por judeus, supervisadas por um rabino responsável por controlar a sua "pureza".

São muitas as normas para uma produção devidamente kosher. As videiras não podem ser utilizadas em seus quatro primeiros anos de vida e não se pode aplicar fertilizantes nelas, apenas sulfitos e leveduras que também possuam o certificado kosher. Um rabino auditor supervisionará a limpeza dos tanques e de outras máquinas utilizadas no processo, que deverão ser lavadas durante três dias com água quente.

Os vinhos colocados nos tanques são fechados e ninguém, senão o auditor judeu, pode abri-los, mesmo que seja para uma amostragem ou uma análise. O engarrafamento também é supervisionado pelo rabino.

Os vinhos produzidos custam entre seis e 30 euros (entre 13 e 67 reais) na Espanha, mas podem chegar a custar três vezes mais no exterior.

O Call Barcelona, além de um centro de reuniões e encontros para a comunidade judia local e visitante, também pretende ser um local de difusão da cultura hebraica. Os interessados, ou mesmo os curiosos, podem conhecer mais sobre os costumes judeus, fazendo aulas e cursos oferecidos pelo Call sobre a cabala, o Torá ou a língua hebraica.

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Feira de vinhos mais importante da Suíça contará com novos atrativos

+ Vinhos falsificados na China preocupam produtores australianos

+ Advogados de Coppola reivindicam exclusividade nos vinhos do cineasta

+ Languedoc lança denominação mais fácil para consumidores

Vinicultores de Provença prevêem colheita a partir desta terça-feira

Da redação

Publicado em 25 de Agosto de 2010 às 06:33


Notícias