Revista ADEGA
Busca

16.Set - Mais investimentos

Mais 2 bilhões de reais são aplicados para apoiar a cafeicultura brasileira


De agora até o fim de junho de 2010, o governo federal vai aplicar R$ 2 bilhões como forma de apoio à cafeicultura. Esses recursos serão investidos na criação de linhas de crédito, além de ajudarem na prorrogação de dívidas e redução de juros.

O conjunto de medidas, que incluem a prorrogação por mais quatro anos dos financiamentos de custeio e colheita da safra de 2008/09, a criação e retomada de linhas de crédito de 100 milhões, e a redução da taxa de juros do Funcafé de 7,5% para 6,75% ao ano, tem como objetivo principal retirar do mercado algo em torno de 25% do total da safra atual, visando melhorar a renda do produtor, equilibrando a oferta e a procura pelo grão.

O Ministério da Agricultura anunciou na semana passada um investimento de 1 bilhão de reais na aquisição direta de sacas de café e na conversão, também em sacas, de dívidas de estocagem do produto. As medidas anunciadas hoje são fruto de propostas que reuniram os Ministérios da Fazenda, do Planejamento e da Agricultura, além de representantes das cooperativas de crédito e setor produtivo cafeeiro.

Confira as últimas notícias sobre o mundo do café...

+ Demanda por café deve ser ampliada nos próximos anos

+ Consumo de café peruano cresce mundialmente

+ Regiões mineiras produtoras de café registram floradas

+ Indústria cafeicultora conseguiu driblar a crise

+ Cuba quer aumentar a produção de café

Redação
Publicado em 16/09/2009, às 13h15 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias