Revista ADEGA
Busca

Vinho - 23.Jul.

Marcas globais investem no mercado de vinhos indiano


Marcas globais de vinho como Möet and Chandon e Remy Martin, estão trabalhando junto com produtores indianos para produzir e engarrafar vinhos para o mercado interno.

divulgação

"Pelo menos 10 marcas estrangeiras estão tentando acordos com vinícolas na Índia", disse o presidente do Conselho da Indian Grape Processing, Jagdish Holka. A marca de champanhe francês Möet, fechou um acordo com a vinícola York, que fica em Nashik. A empresa também planeja abrir uma vinícola própria na Índia.

O mercado indiano de vinho atual é o que sobreviveu depois da época de superprodução vinícola e da queda de demanda por causa da crise economica.  Agora, muitas vinícolas estão conseguindo se levantar depois de dois anos, e por isso interese internacional está crescendo no país.

Especialistas de mercado dizem que além de ajudar a economia, esse interesse irá melhorar  a qualidade do vinho indiano. "Se as companhias internacionais vierem à Índia, irão melhorar o padrão de qualidade dos nossos vinhos", disse o enólogo da vinícola York, que já começou a aprender novas técnicas de vinificação.

Mais notícias sobre vinhos...

Chineses constroem garrafa de vinho gigante
Nova Iorque investe 106 milhões no ensino de enologia e viticultura
Keyshawn Johnson entra para o mundo do vinho
Um copo de vinho no jantar equivale a 30 minutos de exercício
Mercado de leilões nos EUA ultrapassa Hong Kong depois de dois anos

Redação
Publicado em 23/07/2012, às 07h56 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias