Vinho - 09.Fev - Enoturismo

Mendoza se torna rota alternativa para turistas na América do Sul


Muitos turistas que planejavam ir a Machu Picchu, estão trocando esta rota, atualmente fechada devido aos deslizamentos do último mês, para Mendoza, na Argentina.

O enoturismo vem seduzindo milhares de turistas que tiveram que mudar os planos na última hora. Um grupo de norte-americanos, por exemplo, optaram por conhecer as bodegas da região ao invés de ir ao Peru.

Segundo Maximiliano Morales, da Agencia Andes Wines, "muitos ligam para reprogramar a viagem, e por isso, nós desenvolvemos um programa enoturístico binacional argentino-chileno, onde os passageiros visitarão bodegas dos dois países, além de conhecer a alta gastronomia".

A demanda sobrecarregada beneficiou muito os países, que são conhecidos como os principais produtores de vinhos da América do Sul. Durante este mês, o turismo vitivinícola de Mendoza foi um dos destinos mais solicitados.

A região é responsável pela produção de 60% do vinho argentino. Além de conhecer as vinícolas da província, os turistas ainda terão uma visão privilegiada da Cordilheira dos Andes e poderão visitar o "Museo Nacional del Vino y la Vendimia", no departamento de Maipú.

Confira as últimas notícias sobre o mundo dos vinhos...

+ Indústria de cortiça destina 20 milhões de euros para estratégias promoção
+ Vale dos Vinhedos passa a ter Denominação de Origem

+ Tim Atkin perde espaço no Observer
+ O Melhor Vinho do Dia: Para brindar Thomaz Bellucci!

+ Design de etiquetas ajuda na venda dos vinhos de Rioja

Da redação

Publicado em 9 de Fevereiro de 2010 às 14:32


Notícias