Revista ADEGA
Busca

Vinho - 28.Jun - China

Mercado de vinho chinês ira desenvolver como o Texas, EUA, diz vinicultor


O mercado chinês irá desenvolver como o amplo mercado norte-americano na década de 1970 - por meio de educação e distribuição, disse o veterano de Napa Bruce Cakebread, presidente e CEO da Cakebread Cellars.

Divulgação
"Nós sabemos que a China prosperará, pois já fizemos isso nos EUA", ele contou ao site Decanter.com.

"Quando eu fui pela primeira vez a Austin, Texas, em 1978, nós estávamos fazendo uma degustação no shopping, e as pessoas não conseguiam nem pronunciar Chardonnay ou Cabernet Sauvignon. Hoje o Texas é o terceiro ou quarto maior mercado".

Cakebread garantiu que o Texas e outros estados dos EUA, concentrando na educação e distribuição, e ele está convencido que o processo será semelhante na China.

Tal como os texanos há 30 anos, que não tinham conhecimento algum de Napa, agora alguns chineses são apaixonados em aprender, mesmo com alguns pesando que Napa fica na América do Sul.

"Essa é a evolução. Nós passamos por todo o processo de educação e agora estamos fazendo a mesma coisa com a China, assim ele conseguem entender onde Napa fica".

O próximo passo, disse Cakebread, seria "mudar para o varejo de vinhos finos" via o seu importador, a ASC Fine Wines.

Mais notícias sobre vinhos...

+ Vinícolas francesas investem em construções ecológicas
+ Novo vinho do porto feito para complementar com chocolate amargo é lançado na Europa

+ Número de visitantes chineses na Vinexpo dobra

+ Alta do dólar australiano e baixa demanda prejudicam vinicultores

+ Marcas de vinho do Novo Mundo terão grande espaço no mercado chinês

Redação
Publicado em 28/06/2011, às 07h45 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias