Revista ADEGA
Busca

Vinho - 29.Mar - Preço

Norte-americanos querem vinhos mais baratos em 2010


A mensagem dos consumidores norte-americanos em mais um início de ano é clara: apesar de haver excelentes vinhos, os preços têm de continuar competitivos.

Segundo o chefe executivo da importadora JJ Buckley, Shaun Bishop, a nova safra de vinhos terá preços entre 15 e 20 euros. "Há muita competição no mercado de vinhos entre os 50 e 100 euros, e além disso, algumas bebidas italianas, por estarem muito caras, viram seu preços cair 30%".

O CEO afirmou que a crise afetou até alguns chateaux famosos, como o Chateau Leoville Las Cases, que "inicialmente, colocou seus vinhos a venda por $250, depois, aumentou para $400, e no final, precisou modificar para $300".

"Nós não queremos ter a sensação de que os consumidores poderiam encontrar, a dois anos atrás, o mesmo vinho por um preço menor. Precisamos incentivar o mercado, porque é sempre um problema gastar dinheiro. Se não fizermos um trabalho bom, o setor vai sentir", comentou Bishop.

Laurent Ehrmann, da casa negociadora de vinhos Laurent Ehrmann, tem a mesma opinião de Bishop. Segundo ele, a economia norte-americana ainda está muito frágil, e a nova safra precisa satisfazer todos os lados no negócio para ter sucesso.

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ O Melhor Vinho do Dia: Com saudades, em memória ao "mestre" Armando Nogueira!
+ Garrafa de Chateau Pétrus 1982 bate o recorde de preço num Bordeaux
+ Jay Miller pontuará os vinhos espanhóis para o guia de Parker
+ Medida aprova selo fiscal para vinho brasileiro
+ Vinho branco é o futuro da Itália, afirma Angelo Gaja

Redação
Publicado em 29/03/2010, às 14h31 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias