Vinho - 18.Jun - De volta à estabilidade

Nova Zelândia reduz colheita de uvas para reequilibrar mercado


Algumas regiões produtoras tiveram a menor safra dos últimos anos
A notícia de que a colheita de uvas na Nova Zelândiafoi 7% menor este ano do que em 2009 foi bem recebida por produtores e adegas, de acordo com o diretor executivo da Associação de Viticultores da Nova Zelândia, Philip Gregan.

"A redução da safra foi planejada por muitos vinicultores por causa dos desequilíbrios de oferta e demanda dos últimos anos, somados à recessão global, que criaram alguns sérios desafios para os produtores", explicou.

Para a maioria das regiões da Nova Zelândia, a colheita de 2010 foi a menor dos últimos anos. Planejada por viticultores e produtores de vinho, a redução da safra foi o método encontrado para valorizar o vinho neozelandês. Em Marlborough, uma das mais conhecidas zonas vitivinícolas, a safra teve redução de 5%.

"A afirmação de que a safra 2010 foi menor é bem vinda, porque nos ajudará muito a garantir a relação oferta e demanda. Nós teremos equilíbrio de volta e isso é muito importante para o nosso mercado", acrescentou o diretor europeu da Associação de viticultores da Nova Zelândia

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Centro Cultura doVinho Bordeaux será inaugurado em 2014 na França

+ França, Itália e Espanha se unem para divulgar o vinho europeu no Vietnã

+ Vinicultores franceses querem mudar o rótulo de seus vinhos

+ "Balde de champanhe" do século XVIII será leiloado por 2,8 milhões de dólares

+ Lenda do golfe feminino, Annika Sorestam, lança vinho branco

Da redação

Publicado em 18 de Junho de 2010 às 10:51


Notícias