O Camaleão da Moda

Passarelas dos mais disputados circuitos do mundo fashion receberam as criações do estilista brasileiro de maior reconhecimento internacional


Não é difícil compreender as razões que fizeram da grife Herchcovitch;Alexandre a mais reconhecida marca brasileira mundo afora. Ao questionar a moda dos anos 90 e misturar as influências tanto do colégio judaico ortodoxo em que estudou como do circuito alternativo da noite paulistana, o estilista Alexandre Herchcovitch desenvolveu um estilo único. Foi assim que, versáteis, criativas e ousadas, as peças desse paulistano passaram em pouquíssimo tempo do cenário underground de São Paulo para os sofisticados desfiles nas mais importantes capitais da moda.

Toda história tem um começo
O interesse pelas roupas começou cedo. Por vontade própria, quando tinha apenas dez anos aprendia noções básicas de modelagem e costura com sua mãe, que dirigia uma confecção de lingerie. Já aos 16 anos, ele criou um vestido de organza que impressionou por ter esferas presas à barra para dar o caimento e peso ideal. Nesta época, já desenhava roupas para a mãe e amigos. Foram os primeiros indícios de que sua entrada para o competitivo mundo fashion seria inevitável.
Em 1990, Herchcovitch ingressou na Faculdade de Moda Santa Marcelina. No mesmo ano, lançou a primeira versão da etiqueta de sua marca com o logotipo das caveiras que viriam a ser um dos símbolos do estilista. Em seguida, começou a fazer desfiles alternativos, firmando-se como ícone do underground por seu foco em roupas voltadas para shows. A extravagância era uma de suas características mais marcantes, chegando em seu ponto máximo quando ele desenvolveu roupas para travestis e prostitutas.
O seu estilo, porém, só foi consolidado em seu desfile de formatura. Por ironia, mesmo após a apresentação, ele não obteve o diploma, já que foi reprovado na disciplina Linguagem Instrumental e decidiu não refazê-la. Um ano depois, em 1994, a primeira coleção da grife Herchcovitch;Alexandre foi oficialmente lançada no Phytoervas Fashion, evento criado pelo produtor de moda Paulo Borges. Com isso, a marca se desenvolveu e profissionalizou.
Marcio Madeira / Divulgação
Desfiles da marca no São Paulo Fashion Week O versátil estilista Alexandre Herchcovitch

Fama internacional
As mudanças eram evidentes, seu estilo alternativo estava abrindo mais espaço para o sofisticado. O estilista desenvolvia cada vez mais suas habilidades de fazer a melhor combinação entre corte, modelagem e matériasprimas e, ao mesmo tempo, começava a ser conhecido por sua proposta de ir sempre no fluxo contrário das tendências internacionais. Seu gosto foi amadurecendo, apurando e, justamente por isso, o número de fiéis clientes começou a crescer.
Em 1996, a grife já era comercializada em Nova Iorque e Londres. Esta última recebeu o primeiro desfile do estilista fora do Brasil, em 1999. O sucesso foi tanto que, como suas peças já eram vendidas por lá, ele recebeu o irrecusável convite para desfilar sua próxima coleção dentro do calendário oficial da London Fashion Week. O fato simbolizou o início do destaque internacional que atingiria países como Estados Unidos, Japão, Alemanha, França, Espanha, China, Inglaterra, Canadá, Singapura, Austrália e Nova Zelândia.
Após três temporadas, Herchcovitch troca o calendário oficial da moda O versátil estilista Alexandre Herchcovitch divulgação londrina para o da parisiense, na concorrida Semana de Prêt-à-Porter. Foram oito temporadas na capital até que, em 2004, Paris foi substituída pela Semana de Moda de Nova Iorque por razões comerciais. Neste ano, aconteceu a sétima apresentação nesta cidade que é ícone das tendências da moda mundial.
Em seu país de origem, não poderia deixar de ser presença garantida no Calendário Oficial de Moda Brasileira. Nos desfiles na São Paulo Fashion Week, a expectativa diante do que surgirá nas passarelas é alta. O público espera por algo inusitado, que impressione por sua conhecida ousadia. É o resultado alcançado por um estilista que faz de suas peças não somente roupas, mas um meio de se comunicar com o mundo.

Thalita Fleury

Publicado em 25 de Agosto de 2008 às 14:04


Simply The Best

Artigo publicado nesta revista