O fim das taças tipo flüte?

Saiba tudo sobre a ousada declaração do chef de cave da célebre Krug


Eric Lebel, chef de cave da Krug, uma das mais célebres casas de Champagne, afirmou
que pretende acabar com as taças tipo flüte (flauta – de bojo estreito e alongado). Para ele,
essas taças deveriam servir apenas para espumantes de qualidade inferior. As
declarações foram feitas durante o lançamento da nova safra de seu mais aclamado Champagne, o Clos du Mesnil 2002, assim como a Krug Collection 1990.



A Krug aproveitou ainda para lançar uma taça específica para degustar seu Champagne Rosé. “As flütes estão obsoletas”, disse Lebel. “Beber Krug em uma flüte é como ouvir ópera com tampão de ouvido”, apontou a CEO da empresa, Maggie Henríquez. A Krug não é a única casa de Champagne a abolir as flütes. Diversos produtores de renome optam por modelos de bojo mais abaulados, conhecidos como tulipas, para degustar seu vinho. 

Da redação

Publicado em 14 de Fevereiro de 2018 às 15:10


Notícias