Vinho - 5.Jan

OIV cria normas ambientais que recomendam o uso de rolha de cortiça


A OIV, Organização Internacional do Vinho e da Vinha, criou recentemente novas normas ambientais para o setor vinícola que recomenda o uso de rolhas de cortiça enquanto produto sustentável.

Divulgação

Segundo um estudo publicado pelo Instituto Superior de Agronomia (ISA), de Lisboa, o produto pode fixar cerca de 6 toneladas de CO2 por hectare em um ano, o que corresponde, no caso de Portugal, a mais de 4 milhões de toneladas de CO2 por ano. Em consequência, é possível concluir que as florestas de sobro do Mediterrâneo (2,2 milhões de hectares) possibilitam a retenção de quase 14 milhões de toneladas de CO2 por ano.

Os benefícios ambientais das rolhas de cortiça são evidenciados numa análise sobre o Ciclo de Vida do Produto realizada pela PriceWaterHouseCoopers em 2008.

No que diz respeito à emissão de gases com efeito de estufa, o estudo revela que cada vedante de plástico emite 10 vezes mais CO2 que uma rolha de plástico e as emissões de CO2 da cápsula de alumínio são 24 vezes superiores às da rolha de cortiça.

Divulgação

 Este estudo analisou sete indicadores-chave ambientais: a emissão de gases responsáveis pelo efeito estufa; o consumo de energias não renováveis; o consumo de água; a contribuição para a acidificação da atmosfera; a contribuição para a deterioração da camada de ozonio; a contribuição para a eutrofização e a produção de desperdícios sólidos.

As rolhas de cortiça se classificaram como a melhor alternativa em seis dos indicadores, e ficaram em segundo lugar, abaixo dos vedantes de alumínio, no consumo de água. 

Mais notícias sobre vinhos...

Franquia de frozen yogurt cria sabor novo de vinho tinto
Criado o primeiro festival que une música independente e enocultura
Hip Hop ajuda a aumentar as vendas de vinhos Moscato nos EUA
Morre Giulio Gambelli, um dos grandes nomes dos vinhos toscanos

Enólogo é o solteiro da próxima edição do reality show "The Bachelor"

Da redação

Publicado em 5 de Janeiro de 2012 às 09:54


Notícias