13.jan - Os ramos da videira viram energia

Os ramos da videira viram energia renovável


A utilização do ramo da vinha como matéria-prima para geração de uma energia limpa e sustentável é o resultado de vários estudos que buscam uma utilização a todos os produtos da videira.

Quando esmagado e cortado em pequenos pedaços, o ramo pode ser utilizado como combustível, por exemplo, para as lareiras, pois aquece como qualquer outra madeira.

Para transformar os ramos da vinha em energia são necessários um moleiro e uma caldeira adaptada com um silo de armazenamento. É um investimento, porém a matéria-prima é gratuita, sem custos de transporte, uma vez que a as vinhas estão, geralmente, em torno da casa do produtor.

Os fabricantes dos equipamentos acreditam que 15 hectares de vinha sejam suficientes para aquecer a casa e locais de trabalho, e tudo isso com uma energia natural, limpa e que não emite gases que contribuem para o efeito estufa. Além disso, a madeira recuperada nas cinzas da caldeira pode ser reutilizada no solo.

Para se ter um exemplo, as videiras utilizadas na produção do vinho em Gironde ocupam uma área de 120.000 hectares, o que representa um volume de combustível de energia gerada em uma pequena hidrelétrica.

Da redação

Publicado em 13 de Janeiro de 2009 às 13:16


Notícias