Revista ADEGA
Busca

País de Gales quer reativar vinícola depois de 100 anos

Inativo desde a Primeira Guerra Mundial, Castelo de Cardiff deve voltar a produzir seu próprio vinho com ajuda de enólogos da cidade


Castelo de Cardiff

O Castelo de Cardiff, uma das atrações turísticas mais populares do País de Gales, pode voltar a produzir seu próprio vinho, pela primeira vez desde 1914, quando a produção vitivinícola cessou, devido à escassez de açúcar.

O líder do conselho do castelo, Phil Bale, quer voltar a plantar uvas no local e reativar a vinícola, com a ajuda de enólogos e produtores da cidade de Cardiff.

O castelo possui uma vinícola no subsolo, que foi descoberta, restaurada e aberta para o público por conservacionistas em 2005. Descobriu-se também que o Marquês de Butteque residia no castelo e era o homem mais rico do país no século 19, cultivava uvas para produzir vinhos há 100 anos.

Redação
Publicado em 13/07/2015, às 13h34 - Atualizado às 13h42


Mais Notícias