Revista ADEGA
Busca

23.abr - Proposta da UE é 'humilhante'

Para produtores italianos, proposta da UE sobre rosé é 'humilhante'


Os presidentes dos consórcios que controlam as DOCs Garda Classico e Bardolino, Sante Bonomo e Giorgio Tommasi, enviaram uma carta ao presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, para defender a produção do "verdadeiro vinho rosé", em resposta à proposta da UE que pretende autorizar a mistura de vinhos brancos e tintos para a produção de rosados.        

"Nós devemos ser contra uma lei que permite a mistura de vinhos tintos e brancos para a fabricação de um rosé. Essa proposta é humilhante para os produtores de rosé e para os consumidores de vinho", afirmou Bonomo.

"Essa nova maneira de produção vai prejudicar o mundo inteiro. Além de legalizar um produto falso, a Comunidade Europeia estará padronizando vinhos de baixa qualidade", completou.  

Os vinicultores não estão só preocupados com a qualidade dos rosados, mas também com o sistema de rotulagem. Se aprovada, a medida da UE permitirá que um vinho rosé feito com misturas tenha a mesma etiqueta de um rosé fabricado do jeito tradicional, o que prejudicaria as vendas dos 'originais'.  

Os produtores da Itália esperam formar uma coalizão nacional para defender a revogação da proposta até o dia 19 de junho, data em que a medida deve ser discutida no Parlamento Europeu.

Os consórcios italianos já conseguiram reunir em um abaixo-assinado 1,5 mil nomes de produtores, enólogos, políticos e jornalistas que são contra o rosé misturado.

+ Mais notícias sobre vinhos da Itália:

+ Um mergulho na velha bota

+ Vinho italiano de terno e gravata

+ Uma noite quase 100% italiana

+ Itália de Norte a Sul

+ Uma viagem pelos vinhos da Itália

Redação
Publicado em 23/04/2009, às 12h11 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias