Revista ADEGA
Busca

Vinho - 28.Jul - Ecologicamente correto

Pela primeira vez, "pegada de carbono" de vinho é calculada na Espanha


O Grupo Matarromera se tornou o primeiro produtor espanhol a calcular a pegada de carbono de um de seus vinhos. Isso significa saber quantos gramas de dióxido de carbono são eliminados pelo produto ao longo de todo o seu ciclo de vida.

Desde a sua elaboração até o seu transporte e distribuição, um vinho libera dióxido de carbono, principalmente através de máquinas e meios de transporte utilizados para esses processos. Para o setor vitivinícola, possuir essa informação representa uma clara indicação do real impacto da produção de vinhos no meio ambiente.

O vinho examinado foi o Emina Verdejo 2009. A Associação Espanhola de Normalização e Certificação (AENOR) foi a responsável pelo cálculo e pôde concluir que a produção de cada garrafa da bebida elimina 829 gramas de CO2.

Obter essa certificação faz com que o grupo possa cumprir uma série de objetivos. Primeiro, dar cumprimento à legislação ambiental - uma vez que diversos países exigem o cálculo da pegada de carbono para alguns produtos importados - atender as demandas dos consumidores e, acima de tudo, mostrar o compromisso da empresa com a sustentabilidade e com o meio ambiente.

O Grupo Matarromera já está trabalhando para obter a certificação de outros de seus vinhos. Para diminuir o número calculado pela AENOR, a empresa está começando a desenvolver projetos para obter energia renovável e também para tornar seu processo de produção mais sustentável.

ESPECIAL:Vinho em prol do verde - Vinhos biodinâmicos, orgânicos, ecológicos, biológicos, naturais. A preocupação mundial com uma vida mais saudável e um planeta sustentável chega até o mundo do vinho

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Produtores europeus resistem às mídias sociais

+ Vacas canadenses tomam vinho em suas refeições

+ Califórnia se prepara para ciclo reprodutivo da traça européia
+ Amantes do vinho da Pensilvânia irão brindar para entrar no Guinness Book

+ Ex-Commodores, Lionel Richie pede vinho brasileiro em seu camarim

Redação
Publicado em 28/07/2010, às 09h51 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias