Revista ADEGA
Busca

Vinho - 26.Mai - Pesquisa

Pesquisa aponta mudanças nos hábitos dos consumidores de vinho


Uma pesquisa feita pelo grupo de pesquisa Wine Intelligence teve como intuito comparar o consumo de vinhos de março de 2007 a março deste ano. Mais de mil consumidores regulares foram ouvidos e várias conclusões puderam ser tiradas, mostrando grande mudança nos hábitos dos consumidores.

A partir da proporção daqueles que disseram que bebem ao menos uma vez ao mês, o aumento da preferência por rosés, que tiveram alta de 8%, fez com que a procura por brancos caísse de 45 para 37%. Mas, apesar do crescimento de apenas 1%, o vinho tinto continua o preferido pela maioria dos consumidores, tomando conta de 45% do mercado da bebida.

Os países que tiveram o maior aumento na venda de seus vinhos foram a África do Sul e a Nova Zelândia, com crescimentos de 4% e 5% respectivamente. Já a atual líder do mercado, a Austrália, teve queda na demanda de seus vinhos que foram de 70% para 65%. Entretanto, foram a França e a Alemanha que tiveram o maior decréscimo na venda de seus vinhos. Os franceses caíram de 66% para 53% e os alemães de 25% para 18%.  

Dos brancos, o Pinot Grigio foi o que teve maior aumento, cerca de 30%. O Chardonnay continua a cair, indo de 71% para 63%. E, entre os tintos, Trempanillo, Malbec, Merlot e Shiraz mostraram crescimentos consideráveis, enquanto Gamay e Cabernet Sauvignon tiveram quedas.

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ França continua sendo o país mais associado a vinhos finos

+ Acordo com América Central beneficia vinho europeu

+Chávez ameaça desapropriar a única empresa vinícola da Venezuela

+ Vinho para cachorros é lançado na Inglaterra


Redação
Publicado em 26/05/2010, às 09h03 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias