Revista ADEGA
Busca

Vinho - 10.Jun - Na França

Por conta do clima, colheita em Champagne será mais cedo que o habitual


A colheita de uvas em Champagne, na França, será mais cedo do que habitual, especialmente se o tempo quente do período entre março e maio se estender.

Divulgação
Colheita de uvas será antecipada devido ao calor e à falta de chuva
O florescer das vinhas acabou antes do fim de maio. Adicionando 92 dias - média de tempo da última década em Champagne entre a floração e o início da colheita - conclui-se que as uvas serão colhidas em agosto.

Entretanto como esse mês é normalmente mais quente e tem mais sol que em setembro, é possível que o período de floração seja ainda mais curto, de apenas 80 dias, o que significa que a primeira uva pode ser cortada na primeira quinzena de agosto.

A falta de chuva também tende a acelerar a data, diz Louis Roederer, enólogo da Jean-Baptiste Lecaillon e, segundo ele, ele estará "pronto pra começar em agosto".

Dominique Moncomble, diretor de serviços técnicos no conselho de comércio de Champagne, disse que a floração começou três semanas adiantadas da média da região, e foi especialmente cedo em Côte des Blancs.

A colheita feita mais cedo veio verão de 2003, quando as tesouras começaram a ser utilizadas na vila de Côte des Bar, no extremo sul da região, no dia 18 de agosto, e muitos produtores completaram a colheita antes que o mês terminasse.

Mais notícias sobre vinhos...

+ Rótulo premiado remete à lenda regional

+ Luta contra mudanças climáticas é oficializada em fórum de vinhos

+ Países nórdicos da Europa exigirão responsabilidade social das importadoras de vinho

+ Mudanças climáticas não influenciam aumento de teor alcoólico do vinho, diz estudo

+ Nomacorc fará pesquisa sobre a ação do oxigênio no vinho

Redação
Publicado em 10/06/2011, às 06h26 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias