Revista ADEGA
Busca

Prêmio espanhol quer ser o terceiro maior do mundo


Os organizadores dos prêmios Zarcillo, do Instituto Tecnológico Agrário de Castilla y Leon de Valladolid, querem transformar a premiação no terceiro concurso de vinhos mais importante do mundo, já que o número de vinhos participantes pode superar a marca de 2500 amostras. A edição anterior ocorreu em 2005, pois o concurso é bienal desde que, em 1999 adquiriu categoria internacional e contou com 1990 amostras.

Este ano participarão, pela primeira vez novos vinhos de países emergentes no mundo do vinho. O concurso, um dos mais importantes e exigentes da Espanha para os vinhos, premia no máximo 13% das amostras, ainda que a OIV permita premiações a 30% dos vinhos participantes.


Uma das novidades deste ano é que cada vinícola participante receberá um informativo comentado da valorização de seus vinhos, ainda que não sejam premiados.Nas degustações, todas às cegas e em silêncio, estarão presentes jornalistas especializados de vários países, e poderão ser acompanhadas pela internet. Os vinhos poderão ser inscritos até o dia 21 de abril e as degustações acontecerão e 30 de abril a 3 de maio, no Museu Provincial do Vinho de Valladolid, na cidade de Peñafiel.

Fernando Roveri
Publicado em 09/05/2007, às 12h05 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h44


Mais Notícias