Revista ADEGA
Busca

Vinho - 08.Jun - Previsões do Mercado

Principal concorrente do champanhe é o Viagra, diz executivo francês


"Nós sempre teremos tempo para fazer amor e beber champanhe", foi o que disse o chefe-executivo da Taittinger, produtora francesa do espumante, Pierre-Emmanuel Taittinger.

Como a maioria das principais casas de champanhe, as vendas da Taittinger foram duramente afetadas pela crise econômica, com volumes de exportação abaixo de 10% durante o ano passado.

Apesar dos números, o presidente da empresa se mantém otimista. Ele espera que as vendas aumentem de 10 a 20% em 2010, com o crescimento de 40% ao ano do mercado chinês.

"A China é o novo Estados Unidos. Não há dúvidas de que será um mercado fortíssimo em 15 anos. Será muito maior do que os EUA", previu Taittinger. Sua expectativa é de que as vendas de champanhe consigam se recuperar este ano, com o euro mais fraco e a crescente demanda dos mercados emergentes.

O único concorrente do champanhe? "Viagra", respondeu o executivo. De acordo com ele, não existe nada como uma taça de champanhe para ajudar a esquecer o stress e as pressões do mundo moderno. "Nós somos um luxo acessível. Durante uma hora, nós podemos nos comportar como a rainha da Inglaterra", disse o francês.

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Copa do Mundo deve aumentar interesse por vinhos sul-africanos

+ Espumantes brasileiros participarão da SP Fashion Week 2010

+ Pela terceira vez, Israel produz tempranillo

+ Evento para caridade arrecada 8,5 milhões de dólares nos EUA

+ Evento na França promove uva Grenache

Redação
Publicado em 08/06/2010, às 05h45 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias