Revista ADEGA
Busca

Produtor de vinho acha tesouro antigo em sua propriedade


Pedreiros que reformavam um prédio, usado para a secagem de uva para produção de champanhe, na França, foram surpreendidos por um tesouro no teto da casa.

O prédio fica em uma aldeia rural em Les Riceys, na província francesa de Champagne, e pertence ao produtor François Lange, diretor da empresa Alexandre Bonnet Champagne.

Divulgação
Tesouro encontrado em prédio vitivinícola

O grupo de pedreiros que reformava o teto deparou-se com 497 moedas de ouro com valor de 20 dólares cada, escondidas no sótão.

Estima-se que elas foram cunhadas entre 1851 e 1928, o tesouro equivale a 17 quilos de ouro, uma fortuna de cerca de 980 mil dólares, ou 1,7 milhão de reais.

"Um dos trabalhadores estava batendo no teto do edifício com um pé de cabra, quando as moedas de ouro começaram a chover sobre ele, seguidas por sacos de ouro" Disse Lange, que ficará com metade do dinheiro e dividirá a outra metade entre os trabalhadores.

O edifício pertencia à um produtor de vinhos que negociava com a Grã-Bretanha e os Eua, e por isso as moedas americanas estariam ali.

Lange disse que talvez produza uma safra especial em homenagem ao produtor.

Mais notícias sobre vinhos...

Enólogo faz doação em homenagem ao mês da saúde cardiaca
Consumidores preferem vinhos com baixo teor alcoólico
Drew Barrymore lança vinho próprio
Londres irá sediar primera feira de vinhos Artesanais, orgânicos e biodinâmicos
Mercado de vinho prevê crescimento para 2012

Redação
Publicado em 17/02/2012, às 11h15 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias