Revista ADEGA
Busca

Produtores de vinho artesanal criam cooperativa

Batizada Naturvin, entidade nasce com 20 associados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro


Produtores de vinho artesanal de quatro estados acabam de lançar a Cooperativa Brasileira de Vinhos Artesanais (Naturvin). Com sede em Canela (RS), a entidade nasce com 20 associados, entre viticultores e vinhateiros. São 16 do Rio Grande do Sul, dois de São Paulo, um de Santa Catarina e um do Rio de Janeiro. A produção anual de cada um varia de 500 a 2.000 garrafas. Juntos, produzem quase 10 mil garrafas por ano.

“Nascemos com o objetivo de unir esforços e projetos para pleitear demandas que, se fizéssemos sozinhos, talvez se tornassem inviáveis”, afirma Marina Santos, presidente da Naturvin e enóloga em Pinto Bandeira.

A cooperativa tem foco na elaboração de vinhos, espumantes, sucos e derivados da uva e do vinho, elaborados de forma artesanal, com o mínimo de intervenção nos processos. Viticultores e vinicultores fazem parte do quadro de associados da Naturvin, e a cooperativa pretende cadastrar mais produtores. Os candidatos devem utilizar os métodos de produção de uva integrada, orgânica, biodinâmica ou agroecológica. Para ingressar na cooperativa é preciso ser indicado por um associado.

A participação do produtor na cooperativa será informada no rótulo ou contrarrótulo dos produtos. “No caso dos vinhos, houve um salto de qualidade muito grande nos últimos anos, inclusive com a participação em eventos internacionais. Unidos, pretendemos continuar esse crescimento”, diz Marina.

O Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) e a Federação das Cooperativas Vinícolas do Rio Grande do Sul (Fecovinho) são apoiadores da Naturvin. O diretor executivo do Ibravin, Carlos Paviani, salienta a relevância da cooperativa por unir todos em torno de um objetivo comum. “A importância está no fato de ser um projeto coletivo dedicado à viabilidade dos membros participantes”, avalia Paviani.

Para o diretor executivo da Fecovinho, Helio Marchioro, a fundação da cooperativa com as características da Naturvin é um avanço para a consolidação de um modelo de produção sustentável, sob os aspectos econômico, social e ambiental. "Por isso o apoio de entidades representativas do setor. Essa decisão fortalece outras iniciativas de apoio às vinícolas de pequeno porte", avalia.

Redação
Publicado em 28/05/2015, às 12h24 - Atualizado às 12h28


Mais Notícias