Revista ADEGA
Busca

Vinho - 18.Set.

Produtores reclamam da nova classificação de St. Emilion


Uma semana depois do anuncio da nova classificação de St. Emilion, a comissão começa a receber reclamações de produtores insatisfeitos. Pierre Carle do Château Chateau Croque Michotte, que se recusou a mudar sua classificação de Grand Cru para Grand Cru Classé, está ameaçando abrir um processo contra o INAO, alegando que o julgamento foi inconsistente, com conclusões contraditórias.

divulgação

Outra reclamação, não só dele, é que os viticultores não tiveram o direito de decidir os critérios usados na avaliação, e que só tomaram conhecimento deles em 8 de junho, quando a INAO enviou cartas avisando quem havia sido reprovado. "Quando descobri que não havíamos sido aceitos, fiquei muito bravo", disse Carle. "Nós investimos tanto nos últimos anos, tudo com a intenção de conseguir essa classificação. Mas ficou óbvio que a metodologia usada não é transparente".  Uma das maiores preocupações é o efeito que não-classificação pode ter nas vendas, ele acredita que pode haver uma queda de 30%.

Franck Binard, diretor do Conseil des Vins de Saint Emilion, se defende: "todos os vinhos foram submetidos às mesmas avaliações, todos os châteaux que não atingiram a nota necessária para entrar na classificação, receberam uma carta que lhe dava a oportunidade de se defender, e ganhar pontos perdidos durante o processo, se isso for justo"

Mais notícias sobre vinhos...

Corretor cria apartamentos para amantes de vinhos no Japão
China se torna maior comprador de vinhos brasileiros
Estilista Roberto Cavalli anúncia lançamento de seu vinho
Consumidores associam peso da garrafa a qualidade dos vinhos
Franceses se preocupam com a liberação do termo "château" para vinhos estrangeir...

Redação
Publicado em 18/09/2012, às 10h08 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias