Revista ADEGA
Busca

Região vinícola recém-criada em Malibu gera conflito entre governo e produtores

Comissão regional quer proibir plantio de novos vinhedos


Apenas alguns meses depois da criação da nova região vitivinícila Malibu Coast AVA, os enólogos da Califórnia estão lutando para impedir que novas proibições de plantações de vinhas entrem em vigor. 

Divulgação

Proprietários argumentam que irrigação é feita por processo de gotejamento

Alterações aprovadas pela Comissão Costeira da Califórnia, em abril, que incluem uma proibição de que haja novas plantações de vinhas na zona de Malibu AVA poderão entrar em vigor depois do resultado de uma votação que será realizada no dia 26 de agosto.

As alterações propostas são conhecidas como o Programa Costeiro Local (LCP) e, se aprovado, irá proibir o desenvolvimento da agricultura na região, incluindo as plantações de novas vinhas. Para defender sua posição, o LCP argumenta que a proibição irá impedir a poluição de córregos locais devido à aplicação de pesticidas.

Além disso, o LCP argumenta que as vinhas utilizam muita água e que, por isso, estão prejudicando ainda mais a região, que hoje vive uma de suas secas mais graves. Outros fatores levantados pelo programa é que a vinificação da região também acaba por promover a erosão do solo e causa a perda de habitats importantes para a fauna californiana.

Como foi informado pelo LCP, apenas as vinhas consideradas legais poderão permanecer em exercício. Porém, para defender a indústria do vinho, os proprietários californianos montaram um grupo chamado 52 Malibu Coast que irá lutar por suas causas.

O grupo abriga os proprietários das vinícolas Montage Vineyards, Colcanyon Estate Wines, Dolin Malibu Estates, Malibu Solstice e Jim Palmer’s Malibu Vineyards, os quais aguardam o momento para se pronunciarem em defesa da tradição da vinificação de Malibu, que remonta a 1824.

Os proprietários aguardam para se pronunciar e dizer que o uso de água feito por eles é mínimo, uma vez que o processo de irrigação adotado é o de gotejamento. Além disso, eles argumentam que as raízes das videiras ajudam a estabilizar o solo, proporcionando um fortalecimento do mesmo e impedindo eventuais deslizamentos.

A nova Malibu Coast AVA se estende para norte ao longo da Pacific Coast Highway e para o interior das montanhas de Santa Mônica. Malibu tem atualmente 198 hectares destinados a produção vinícola e 50 produtores de vinho.

Redação
Publicado em 20/08/2014, às 16h37 - Atualizado em 03/12/2014, às 08h04


Mais Notícias