Estudiosos apontam que Ricardo III consumia uma garrafa de vinho por dia

Rei eternizado em peça de Shakespeare consumia vinho em profusão para lidar com a pressão da monarquia


O rei Ricardo III, famoso pela obra de Shakespeare, bebia cerca uma garrafa de vinho por dia para lidar com as pressões da liderança – seu reinado durou apenas três anos –, aponta uma pesquisa recente feita pela BBC. Através da análise dos dentes e ossos do monarca, constatou-se que ele consumia até três litros de vinho por dia no final de sua vida. 

Divulgação

Rei Ricardo III consumia três litros de vinho por dia no final da vida

Conduzido pelo British Geological Survey e pela Universidade de Leicester, o estudo também mostrou que o rei comia carnes exóticas, como cisne e garça. Para se chegar a esta conclusão, o corpo do monarca foi analisado após ser desenterrado em Leicester, no Reino Unido.

Para a geoquímica Angela Lamb, da Universidade deLeicester, a dieta do rei Ricardo III foi muito mais rica do que a de outros nobres do período medieval tardio. “Na época, havia uma série de vinhos, e juntando com a química dos ossos do rei, parece que este tipo de refeição farta teve grande impacto no seu corpo durante seus últimos anos de vida”, comentou.

Os resultados do estudo também mostraram que o consumo de vinho feito pelo rei aumentou significativamente depois que o mesmo chegou ao trono em 1483.

No entanto, o rei Ricardo III não foi a única figura real a ter uma propensão ao consumo de vinhos. O rei Henrique IV, por exemplo, gastou o equivalente a £ 900 mil para abastecer sua adega. Já a rainha Victória era conhecida por beber um copo de vinho tinto com um pouco de uísque, além de consumir, todos os dias antes do almoço, um copo de gin.

O rei Ricardo III morreu em 1485 durante a batalha de Bosworth.

Da redação

Publicado em 1 de Setembro de 2014 às 08:48


Notícias Rei Ricardo III batalha de Bosworth