Revista ADEGA
Busca

Vinho - 17.Mar - Mercado

Reino Unido continua a ser o principal mercado para Champagnes


Apesar de as vendas despencarem 15% no último ano, o Reino Unido continua sendo o principal mercado para os Champagnes.

Mais de 30 milhões de garrafas foram importadas pelo país em 2009, número semelhante à soma dos outros três principais mercados da bebida: EUA, Alemanha e Bélgica.

Andrew Hawes, presidente da Champagne Agents' Association, afirmou que apesar de o comércio mostrar sinais de recuperação, o consumo ainda está bem abaixo de níveis passados.

"As pessoas continuam a beber Champagne, mas agora elas preferem consumir em suas casas", comentou Hawes.

Por fim, Hawes afirmou não esperar uma recuperação rápida nas vendas. "Até 2007, tivemos 15 anos de crescimento sem precedentes. Agora, esperamos um período de certa estabilidade antes de uma nova arrancada".

Um levantamento nas vendas apontou queda no consumo das bebidas Premium, com exceção do rosé, que mostrou ser o vinho mais forte neste estilo.

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ O Melhor Vinho do Dia: À criação de novos empregos no Brasil!

+ Garrafa mais leve de Champagne será regra em dois anos

+ Dom Perignon lança seu primeiro rosé Oenotheque
+ Portugal deve investir 75 milhões de euros no vinho até 2013
+ O Melhor Vinho do Dia: A Fernando Alonso, à Ferrari e à Fórmula 1!


Redação
Publicado em 17/03/2010, às 11h15 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias