Vinho - 24.Fev - Robert Parker

Robert Parker não degustará mais vinhos da Califórnia e preocupa norte-americanos


Robert Parker não degustará mais vinhos novos na Califórnia
Ícone no que se refere à crítica de vinhos em todo o mundo, Robert Parker é o mais conhecido e renomado avaliador do mercado vitivinícola. Um vinho bem avaliado pelo norte-americano passa a ser sinônimo de sucesso e, claro, boas vendas. Diante deste quadro, os produtores da Califórnia receberam uma má notícia na última semana e vêm se mostrando bastante preocupados. Como já fez em outras regiões, Parker não degustará mais vinhos da maior produtora de seu país.

Aos 63 anos, Parker ganhou fama e notoriedade no mundo dos vinhos. Suas avaliações, que chegam aos 100 pontos, viraram sinônimo de qualidade para os melhores rótulos do planeta. Ter o aval do mais renomado degustador é o grande sonho de qualquer produtor. Porém, com a agenda cada vez mais lotada, o norte-americano criou uma equipe de avaliadores para trabalhar ao seu lado e, cada vez mais, denega algumas de suas funções para seus parceiros de confiança.

Sendo assim, este mês Parker anunciou que a partir de agora só degustará vinhos das regiões de Bordeaux e Rhône, na França, além de safras antigas em todo o mundo. Portanto, uma das últimas regiões que ainda restavam na agenda do avaliador, justamente a Califórnia, em seu país de origem, passará a ter apenas as safras antigas e históricas degustadas pelo ícone.

Medida semelhante já havia sido tomada por Parker na Alemanha, deixando os produtores locais bastante preocupados. Após um período de incertezas, notou-se que, mesmo sem ser o próprio norte-americano a degustar, os vinhos que recebiam boas avaliações de membros de sua equipe obtinham o mesmo sucesso.

Preocupação semelhante, portanto, vem sendo notada na Califórnia, com o mercado vinícola da região agitado diante do anúncio de Parker. Porém, se o rumo dos acontecimentos nos EUA seguir da mesma maneira que se viu na Alemanha, a aflição será passageira e os bons vinhos da região continuarão tendo grande valor no mercado mundial.

Mais notícias sobre o mundo dos vinhos...

Vinho pode ser um grande aliado na luta contra as dores de cabeça

Brasil aumenta em 150% exportação de vinhos para a Holanda em 2010

+Acordo de livre comércio deve fortificar a presença de vinhos europeus na Coréia do Sul

+Evento em cidade norte-americana reúne 60 vinícolas e mais de 400 garrafas de vinhos

Venda de vinhos brasileiros têm aumento expressivo nos Estados Unidos

Da redação

Publicado em 25 de Fevereiro de 2011 às 06:15


Notícias