Vinho - 13.Nov

Romênia pode ser próximo grande produtor de vinhos na Europa


A Romênia está se tornando parte do Novo Mundo dentro do Velho Mundo europeu, com grande produção de vinhos na região de Dealu Mare. "As condições para produzir vinhos aqui são ótimas", disse Walter Friedl, um austríaco coproprietário da Lacerda Winery, uma vinícola romena de 200 hectares. "Aqui nós estamos a 45 graus de latitude e temos condições como em Bordeaux ou Toscana", disse ele.

divulgação
Walter Friedl

Devido ao sol excepcional do leste europeu e as massas de ar do mediterrâneo que vêm do sul, especialistas já olham Dealu Mare como uma das áreas mais favoráveis para produzir vinhos. Alguns enólogos, como Michel Rolland, prevêem que a região do Mar Negro - que abraça países como Romênia, Bulgária, Armênia - será de grandes produtores de vinhos finos no futuro. "Vemos um Novo Mundo dentro da Europa. Eles são como a Austrália ou Chile para nós", disse Friedl.

No país são cultivadas variedades clássicas como Merlot, Cabernet Sauvignon e Riesling, mas há também cepas nativas. "Nós temos nossa própria Feteasca Neagra (uma uva tinta) e seu aroma de ameixa seca, além de Feteasca Alba ou Tamaioasa (variedades brancas)", completou.

Mais notícias sobre vinhos...

Xavier-Louis Vuitton lança vinho para chineses
Produtor espanhol lança vinho oficial do Barcelona com nome e número dos jogador...
Neal Martin lança livro sobre Pomerol depois de três anos de pesquisa
Segundo produtores californianos, safra 2012 é excepcional
Tribunal Europeu recusa ação húngara pelo uso do nome da região de Tokaj

Da redação

Publicado em 13 de Novembro de 2012 às 11:47


Notícias