Revista ADEGA
Busca

Vinho - 03.Out - Bordeaux

Safra Bordeaux 2011: uma montanha-russa climática, segundo enólogos


À medida que a colheita de Bordeaux chega ao seu fim, enólogos descrevem-na como uma montanha-russa marcada por fortes flutuações no clima.

OMelhorVinho.com.br - Deguste um delicioso vinho de Bordeaux!

Divulgação
Bordeaux 2011: extremos
Os padrões de clima e temperatura, que mudaram rapidamente, aumentaram o risco de aparecimento de fungo botrytis, e muitas propriedades colheram uvas que não haviam alcançado maturação fenólica completa.

Como muitos especialistas disseram, será uma "safra de produtores de vinho", com uma boa dose de trabalho necessário na produção.

"Foi uma safra marcada por extremos, às vezes muito frio, às vezes muito quente; às vezes úmido demais, às vezes frio demais", disse o enólogo bordalês Nicolas Vivas ao site Decanter.com.

Vivas disse que era importante correr "um risco moderado" e esperar o suficiente pela maturidade fenólica.

Mas, em alguns lotes, "a espera pela maturidade ideal pôs em risco perda da complexidade aromática", disse Henri Lurton, dono do Château Brane Cantenac.

Condições variadas, com chuvas alternadas e clima quente no fim de agosto e setembro levaram a um amadurecimento desigual, com risco de botrytis, o que significa que a triagem rigorosa era fundamental: aqueles produtores que máquinas rápidas e eficientes tiveram que deixá-las de lado.

Mais notícias sobre vinhos...

+ Espanha e Portugal começam colheita depois de "um ano difícil"

+ Vinicultores de Bordeaux participam de maratona em Nova York

+ Leilão que incluía vinhos raros da vinícola de Coppola arrecada 1,9 milhões de dólares

+ Arquiteto belga cria ambiente íntimo na nova adega de vinícola em Pomerol

+ Consumo moderado de vinho reduz risco de desenvolver asma, diz estudo

Redação
Publicado em 03/10/2011, às 09h25 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias