Revista ADEGA
Busca

Sai sentença sobre falsificação de Vinho do Porto


Após cancelamento, hoje foi lida a sentença de empresas e pessoas envolvidas no escândalo de falsificação de Vinho do Porto. O escândalo, que ficou conhecido como Douro Negro, indiciou mais de 100 acusados envolvidos diretamente no processo. Os principais acusados, Pedro Martha e Heitor Carvalho, foram condenados a seis e quatro anos de prisão, respectivamente. As sentenças foram consideradas "um êxito" pelo Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP).

Alexandre Saconi
Publicado em 13/07/2007, às 15h03 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h44


Mais Notícias