Revista ADEGA
Busca

06.jul - Incentivo

Santa Catarina incentiva mercado de vinhos finos


Incentivo fiscal promete impulsionar mercado
Um decreto assinado pelo governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira, promete impulsionar o mercado de vinhos finos no estado. A iniciativa reduz de alíquota de ICMC cobrada sobre a bebida de 25 para 3%.

A indústria do vinho no estado, que até o começo da década se resumia à produção de vinhos comuns, se modificou, a ponto de 8 % da cadeia vinícola estadual já estar nas mãos dos vinhos finos.  "Estes vinhos catarinenses são os mais comentados e elogiados pelas revistas especializadas", garante Maurício Grando, presidente da Associação Catarinense dos Produtores de Vinhos Finos de Altitude (Acavitis).

O presidente da Acavitis afirma que a redução do ICMS reduzirá o custo final dos vinhos catarinenses, que têm sofrido com a concorrência de vinhos de menor qualidade importados da Argentina e do Chile.


Em 2008, foram produzidas cerca de 600 mil garrafas. Este ano, o número deverá ser de 1,3 milhão e, para 2010, a estimativa é de superar a marca das 2,2 milhões de garrafas.

A continuar nesse ritmo, o empresário acredita ser possível que, dentro de cinco a dez anos, Santa Catarina chegue às 20 milhões de garrafas por ano. "É importante destacar que o Rio Grande do Sul produz vinhos finos há mais de 100 anos, e nós estamos recém começando", observa Grando.

Confira as últimas notícias sobre o mundo dos vinhos...

+Vinho espanhol será servido no Vaticano

+ Turismo do vinho ganha mais adeptos na Espanha

+ Vinho brasileiro entra na cena mundial

+ Instituto dedicado a estudar vinhos é Inaugurado em Bordeaux

+ Universidades espanholas recrutam voluntários interessados em beber vinho


Redação
Publicado em 06/07/2009, às 09h19 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias