Vinho - 01.Set - Pesquisa

Segundo estudo, dióxido de enxofre é benéfico para as videiras


Um estudo da University of Western Australia descobriu que dióxido de enxofre pode ter um efeito positivo na composição das uvas.

Divulgação
Dióxido de enxofre: bom para as plantas
A substância é amplamente usada na produção de vinho no mundo todo, com diversos propósitos, mas o movimento crescente de vinhos naturais a evita, já que esse químico é considerado desnecessário e pode causar danos à saúde.

O professor assistente Michael Considine disse ao site Decanter.com, que "o interessante é que o dióxido de enxofre aumenta os níveis antioxidantes e antifúngicos no fruto para aumentar as reações de defesa da própria planta".

Considine admitiu que há uma evidência irrefutável que o dióxido de enxofre causa problemas de saúde nos humanos, incluindo respiratórios ou de pele."Se nós conseguirmos entender um pouco melhor como a planta responde à substância, poderemos traçar alternativas que podem não ter conotações negativas relativas à saúde".

Considine sugeriu que ozônio pode ser uma alternativa possível para inibir a fermentação malolática, assim como lisozima, que algumas produtoras de vinho já usam.

MAIS SAÚDE:Consumo moderado de vinho diminui riscos de desenvolver Alzheimer, diz estudo

Mais notícias sobre vinhos...

+ Blogueiros são desafiados a harmonizar vinho em restaurantes de São Paulo

+ Propostas de blend com Rosso de Montalcino indigna produtores

+ Diferença entre vinho inglês e vinho britânico confunde consumidores

+ Vinho irá conter alcoolismo na Rússia, diz presidente russo

+ Primeiro clube de vinho kosher do mundo é criado na Argentina

Da redação

Publicado em 1 de Setembro de 2011 às 07:26


Notícias