Quem disse


“O vinho molha e tempera os espíritos e acalma as preocupações da mente... ele reaviva as nossas alegrias e é o óleo para a chama da vida que se apaga. Se beber moderadamente, em pequenos goles de cada vez, o vinho gotejará nos seus pulmões como o mais doce orvalho da manhã... Assim, então, o vinho não viola a razão, mas convida-nos gentilmente a uma agradável alegria”.
Sócrates, Pai da Filosofia Grega (470 a.C.- 399 a.C.)

#R#

“Uma valsa e um copo de vinho são um convite para um bis”.
Johann Strauss, Compositor austro-alemão (1804-1849)

 

“Lembrem-se, cavalheiros, não é só pela França que estamos lutando, é pela Champagne também”.
Winston Churchill, Primeiro-ministro inglês, durante a Segunda Guerra (1874-1965)

 

“Enquanto está na garrafa, o vinho é meu escravo; fora da garrafa, sou escravo dele”.
Juan Luis Vives, Acadêmico espanhol (1492-1540)

 

“Carne sem vinho é o mesmo que dia sem sol”.
Anthelme Brillat Savarin, Gastrônomo francês (1755-1826)

 

“Existe mais filosofia numa garrafa de vinho do que em todos os livros.”
Louis Pasteur, Cientista francês (1822-1895).

 

“Aos amantes do vinho. Vocês são o elo mais importante da corrente. Se há maus vinhos, é porque há maus consumidores. Cabe ao consumidor desencorajar os produtores de maus vinhos”.
Emile Peynaud, Enólogo francês (1912-2004)
Da redação

Publicado em 22 de Outubro de 2007 às 07:26


Quem disse...

Artigo publicado nesta revista