Revista ADEGA
Busca

ATP Tour World Finals

Só "zebra" tira Davydenko e Verdasco de Londres

Para ganhar vaga os outros concorrentes contam com improvável combinação de resultados


O espanhol Fernando Verdasco (à esquerda) e o russo Nikolay Davydenko
O Master 1000 de Paris, último torneio da série Masters do ano, deve consagrar Nikolay Davydenko e Fernando Verdasco como os últimos classificados para o ATP Tour World Finals, que ao final do ano reunirá, em Londres, os melhores oito tenistas da temporada.

Com 3.540 e 3.210 pontos, respectivamente, Davydenko e Verdasco, ocupam, atualmente a sétima e a oitava colocações do ranking da ATP e só um "desastre" pode tirá-los do evento que reúne o "crème dela crème"do esporte.    

Para garantir suas vagas, basta que cada um faça campanha razoável no torneio francês que teve início nesta sexta-feira. Caso vençam na primeira rodada, dois dos concorrentes às duas vagas restantes, Radek Stepanek e Marin Cilic, 12° e 13° do mundo, respectivamente, estarão já estarão fora da briga.

E Ainda no caso do russo e do espanhol alcançarem a segunda rodada em Paris, os outros três tenistas que competem pela honra de disputar a antiga Masters Cup - Robin Soderling (9°), Fernando Gonzalez (10°) e Jo Wilfried Tsonga (11°) - terão que no mínimo chegar à final do torneio para conquistar uma vaga, feito esse que nenhum dos três jogadores alcançou este ano.

Como se não bastasse isso, o Masters 1000 de Paris conta com uma chave das mais competitivas. Roger Federer e Rafael Nadal nunca conquistaram o torneio, mas fizeram questão de marcar presença nas quadras cobertas da capital francesa.

Novak Djokovic e Andy Murray são outros das estrelas que estarão na competição. Embalados, o sérvio e o britânico vem de títulos, nos ATP 500 da Basiléia e de Valência, e entram no torneio como favoritos.

Com uma chave destas, que conta ainda com o campeão do US Open, Juan Martin Del Potro, a não classificação de Davydenko e Verdasco, mais que improvável, se torna uma grande zebra.

Mais notícias sobre o mundo do tênis...

+ "O tempo está ao meu lado", diz Nadal

+ Wickmayer e Malisse são suspensos por um ano pela WADA
+ Ferrer deixa o ATP de Valência buscando boas condições para a Davis

+ Murray assina contrato com a Adidas

+ "Agassi fez essas revelações para ajudar a divulgar seu livro", afirma Becker



ESPECIAL:Coração. Ele também deve ser treinado- No tênis, não exigimos só os músculos das pernas e braços. também é preciso preparar o coração para a prática esportiva e, assim, evitar riscos desnecessários e melhorar sua performance em quadra (Confira!)

Redação
Publicado em 09/11/2009, às 11h14 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias